Associação de Karate Jaguaribe - Ceará - Brasil

História do Karate em Jaguaribe

Em 1986, sob a coordenação do professor Edival Farias instalou-se em Jaguaribe-CE, uma academia de Jiu-Jitsu que contava com aproximadamente 30 alunos.

Apaixonado por Karate, apesar de nunca ter conhecido de perto, um desenhista, iniciando na carreira, recém casado e residente em Jaguaribe-CE, resolveu praticar Jiu-Jitsu, conquistou faixa azul 1988, mas ano seguinte, seu professor partiria deixando para trás algumas sementes. A prática do Jiu Jitsu lhe aproximara bastante daquilo que ele desejava. A partir dali o desenhista Osmar de Carvalho Negreiros, começaria a encontrar caminhos que o levaria a sua verdadeira paixão (o Karate).Treinamentos solitários e leituras evasivas dividiam seu tempo após um dia de trabalho e entre uma pintura e outra, o karate passou a fazer parte do seu dia a dia. Juntando tudo o que encontrava sobre Karate ele continuou uma jornada sem expectativas nem credibilidade. Naquela época as artes marciais eram vistas com incredulidade por grande parte da população local, apenas alguns adolescentes e pouquíssimos admiradores se interessavam pelas artes marciais, uma vez que nunca havia passado por ali alguém com conhecimento sobre artes marciais que pudesse mostrar o verdadeiro caminho desta arte milenar. O que se tinha era apenas o que se via nos filmes da TV, logo, alguém que se propusesse a desenvolver tal atividade seria banalizado. No entanto, Osmar Negreiros, resolveu seguir em frente com seus estudos voltados para o karate ainda que muito imaturo.

Sentindo-se muito só e não restando mais ninguém para compartilhar de suas descobertas, ele resolveu ensinar o que havia aprendido aos parentes e amigos. Acordava 4:30 da manhã, reunia alguns amigos e familiares e seguia para o rio onde treinavam até as 6:00 da manhã. Findo o treinamento, retornavam para suas casas, tomavam um banho, o café e iam trabalhar. Somente em 1997, Osmar Negreiros conseguiu filiar-se a Federação Cearense de Karate, através do Professor Anízio Alves, onde prestou exame para faixa amarela em 02 de junho do mesmo ano, nesse período ele tinha que se deslocar de Jaguaribe-CE a Fortaleza-CE para ter uma aula por mês e prestar seus exames, 300 km o separavam das aulas de Karate. Em junho de 1999 através de um amigo chamado Arinilson Amaral de Paiva , professor de Educação Física; Osmar Negreiros conheceria o Professor Eurípides Juvêncio do Rio Grande do Norte, e continuaria o trabalho com o aval do Presidente da Federação Cearense de Karate, o Sr Luiz Carlos Cardoso do Nascimento que além de mestre viria a se tornar um grande amigo, um perfeito e verdadeiro irmão.

Fundada em 07 de agosto de 1999, a Associação de Karate Funakoshi, representou a cidade de Jaguaribe em algumas competições durante o ano onde conquistou 11 troféus e 51 medalhas e realizou 3 exames de faixa, sendo o primeiro no dia 26 de novembro de 1999. No dia 04 de agosto de 2000, coroado com o 3º exame de faixa, realiza o primeiro aniversário da academia. Na ocasião se fez presente o presidente da Federação Cearense de Karate, o Sr Luiz Carlos Cardoso do Nascimento, pais de alunos, irmãos, parentes, amigos e algumas autoridades locais. A primeira vez que Jaguaribe participou de uma competição de Karate foi em 07 de outubro de 1999, onde a equipe se sagrou campeã, com destaque para os atletas Osmar Negreiros, Ricardo Negreiros e Kleber Pereira. Em 25 de março de 2000, a Associação de Karate Funakoshi realizou o 1º evento esportivo dessa modalidade em Jaguaribe-CE levando o titulo de "1ª Copa Jaguaribe de Karate". Com a presença do Presidente da Federação Cearense de Karate juntamente com uma equipe de 15 árbitros. Em janeiro de 2001, a Associação de Karate Funakoshi de Jaguaribe-CE, muda o nome para Associação de Karate Jaguaribe, hoje ASKAJA. No mesmo período o Professor Eurípides Juvêncio, certo de sua contribuição, deixa Jaguaribe-CE. Osmar Negreiros continua então seu trabalho frete a ASKAJA onde realizou muitos outros exames e participou de muitas outras competições estaduais e interestaduais, a exemplo da Copa Pau Ferrense de Karate no Rio Grande do Norte, realizado no dia 30 de março de 2001 onde a ASKAJA conseguiu o titulo de campeão geral da competição, totalizando um número de 25 premiações.

Em meados de 2001, vindo de São Paulo, onde ensinava, o professor Edival Farias, encontrou o fruto da semente que plantara, embora desenvolvendo outra modalidade ele demonstrou grande alegria e gratidão pois o seu aluno, agora professor, o teria acolhido em momentos difíceis quando residia em Jaguaribe-CE.

Em 2002, Osmar passa a ministrar aulas também em Iguatu, na academia Treinner, implanta karate em Pereiro-CE e em vários pontos da cidade de Jaguaribe-CE; no Centro Social Marieta Cals, Colégio Clóvis Beviláqua e na empresa Tuboarte Móveis, hoje, nas mãos do seu aluno Carlos Alberto e desenvolveu um trabalho onde possibilitou o ingresso de 8 atletas na Seleção Cearense de Karate, estes representaram com brilhantismo o nosso estado em varias competições nacionais. Entre as conquistas está o primeiro troféu Excelência de Karate, troféu este instituído pela Federação Cearense de Karate para premiar a academia com melhor desempenho e maior participação e vários títulos nacionais onde podemos citar: Tadeu Barreto 3º colocado; Thiago Anastácio vice-campeão e Joilson Peixoto campeão no Campeonato Brasileiro Estudantil 2002, em Natal-RN ou em Joinvile - Santa Catarina; Samille Negreiros e Higor Linneker 3º lugar e vice-campeão respectivamente no Campeonato Brasileiro pela CBK. Tais resultados rendeu a ASKAJA e seus atletas homenagens nas festas dos melhores do ano, matérias nos jornais mais conceituados do estado e o reconhecimento entre as academias de renome no estado do Ceará. O ano de 2002 foi um ano de vitórias, pois foi neste ano que o professor Osmar Negreiros conquistou a tão sonhada faixa preta e a ASKAJA somou em sua totalidade 258 medalhas e 22 troféus apenas neste ano.

Em 2003 o Professor Osmar a frente da ASKAJA forma seu primeiro faixa preta, o aluno Tadeu Barreto Pinheiro Filho e lança em parceria com o seu mestre professor Luiz Carlos Cardoso a Revista "A Saga do Karate" - (uma revista em quadrinhos contando a história do karate) que passou a ser um material didático bastante requisitado em vários estados do Brasil. Em novembro do mesmo ano, a atleta Samille Negreiros(sua filha –8 anos) disputou em Brasília sua terceira participação em Campeonato Brasileiro, obtendo o título de Campeã e vice-campeã em kumite e kata respectivamente.

Em 2004, implanta karate em Nova Jaguaribara-CE formando duas turmas sendo uma particular e outra, pelo projeto ABC.

Em parceria com o Professor Luiz Carlos, lança os manuais de Kyu (material didático voltado para os exames de faixa baseado no programa expedido pela Federação Cearense de Karate) Em agosto do mesmo ano, o professor Osmar Negreiros parte para Fortaleza-CE permanecendo lá por um ano. Nesse período ele passou a ministrar aulas no karate Cube Verdes Mares, no Centro Educacional Vila das Letras e na Escola Bárbara de Alencar. O karate de Jaguaribe e Nova Jaguaribara-CE ficou entregue nas mãos do seu aluno o professor Tadeu Barreto. Em 2005, lança A Saga do Karate - segunda edição e é aprovado como árbitro-categoria "C", integrando o corpo de árbitros da FCK.

Em 2006, projetada e construída pelas mãos do próprio Osmar Negreiros a ASKAJA ganha sua sede própria. Situada a rua Padre João Bandeira, número 287, a ASKAJA- Associação de Karate de Jaguaribe tem sua arquitetura bem oriental e oferece aos seus alunos todos os requisitos necessários a pratica do karate-Do com toda a experiência vivenciada pelo professor Osmar Negreiros que continua imbuído no propósito de ensinar através de um processo pedagógico bastante eficaz.

Em janeiro de 2007 ele é aprovado para faixa preta 2º Dan. A banca examinadora estava assim constituída: Cardoso Junior - 3º Dan, Marcani Miranda - 4º Dan, Ronie Von - 4º Dan, Nilson Santos - 4º Dan, Roberanes Santos - 4º Dan e Luiz Carlos Cardoso - 6º Dan.

Em 2008, o karate de Jaguaribe conta com mais de 300 praticantes distribuídos em cinco locais distintos: Projeto Social do Pólo de atendimento Maria Izaura Nogueira Diógenes (Bairro Mutirão), Pólo de atendimento Francisco Leônidas (Bairro Cruzeiro), Fundação Tubo arte, Colégio Clóvis Beviláqua e Associação de Karate Jaguaribe.

Em 2009, já contava com mais de 500 praticantes de karate.

Em fevereiro de 2010, o professor Osmar Negreiros, é aprovado para 3º Dan.


Entidades Oficiais do Karate

FCK CBK CSK PKF WKF

Vínculo Olímpico

COB COI


ASKAJA - Associação de Karate Jaguaribe

Rua Sigefredo Diógenes, S/N - Bairro Centro - CEP: 63.475-000
Próximo ao Terminal Rodoviário - Jaguaribe-CE
contato@karatejaguaribe.com.br
(88) 9714-0807

desenvolvido por:
Ciebit